Tragédia na SP-225: carro cai de ponte e mata dois após colisão frontal. Lemense fica ferido em estado grave

Um acidente gravíssimo aconteceu no início da noite desta sexta-feira (15) pela rodovia SP-225. Dois veículos colidiram frontalmente sob uma ponte, situada a cerca de 2 km da rodovia Anhanguera, deixando dois mortos. O trânsito precisou ser impedido e começou a ser liberado aos poucos, isso após as 21 horas. O tráfego ficou bloqueado por mais de duas horas até que fossem retiradas as vítimas do carro.

Um veículo VW-Golf preto, placas EDB-9107, da cidade de Birigui com dois ocupantes a bordo, Raul Fidel de Oliveira, de 28 anos, publicitário, divorciado, residente na cidade de Leme/SP e Maysa Gregolis Matheus de 28 anos, engenheira, solteira, residente na cidade de Poços de Calas/MG trafegava no sentido Pirassununga-Analândia quando, nas proximidades de uma ponte e, segundo informações preliminares colhidas pela Polícia Rodoviária, o motorista veio a perder o controle do carro devido à existência de água na pista, o que fez com seu veículo “aquaplanasse”, já que chovia muito no instante do acidente e invadiu a faixa contrária de rolamento.

No outro sentido, ou seja, Analândia-Pirassununga trafegava um veículo Ford Fiesta, preto, placas DUK-0439, da cidade de São Carlos, com dois ocupantes, Moacir de Jesus Santilio, de 40 anos, casado, empresário e Antônio Carlos da Silva, de 55 anos, vigilante, casado, ambos residentes da cidade de Descalvado/SP, que acabou sendo atingido frontalmente, de forma violenta, pelo Golf. Com o impacto, o motorista do Ford Fiesta perdeu o controle do veículo, chocou-se contra um guard-rail da ponte, destruindo-o, e caiu num rio que passa pelo local. Os bombeiros tiveram muito trabalho primeiramente para localizar o veículo e depois para retirá-lo de dentro da água. O veículo ficou sob as águas por cerca de 1 hora.

Moacir de Jesus Santillo e Antônio Carlos da Silva, ocupantes do Ford Fiesta, morreram no local. As duas vítimas que estavam no Golf, Maysa Gregolis Matheus em estado grave e Raul Fidel Oliveira, foram socorridas ao Pronto Socorro local pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU de Pirassununga.

No Instituto Criminal de Limeira foi acionado pela Polícia Civil de Pirassununga para elaboração de laudos técnicos. Os sepultamentos de Moacir de Jesus Santillo e Antônio Carlos da Silva, ambos moradores na cidade de Descalvado, aconteceu no sábado.

Fonte: Difusora Pirassununga

Agora na Cultura

No Ar 

0:00 

banner-acil